Notícias

ADITIVO MAP: NOVAMENTE UMA SOPA DE LETRINHAS COM ILEGALIDADES E ABUSOS

Nos últimos dias os colegas da Map voltaram a ser assediados com um novo “ADITIVO”. Na verdade, é uma sopa de letrinhas, imposta na calada, as pressas, com base da ameaça e coação, sem copia para os vigilantes e um conteúdo repleto de ilegalidades e mentiras.
No final do ano passado tinha vindo outro desses aditivos, que a direção do Sindicato contestou, alertou a categoria e denunciou ao MPT. Agora veio um pouco mais suave, mas mesmo assim, com absurdos e ilegalidades.
Vejam algumas:
1) O vigilante aceita trabalhar em qualquer lugar do país;
2) Aceita banco de horas ou, para nós, “banco ladrão”;
3) Quer legalizar a hora extra na 12/36. Continua ilegal qualquer extra nesta jornada;
4) Diz que entrega ao Vigilante um “Regimento Interno -RI”, que o trabalhador dá o ciente e se obriga a seguir. Não entregam nem cópia do tal aditivo, imaginem o tal RI;
5) Se for demitido nos 45 dias seguintes ao aditivo, só recebe metade do salário. METADE!!! E a outra metade que já recebeu do contratante, vai para o bolso de quem?
6) Prevê Justa Causa em caso de perda de habilitação (reprovado na reciclagem ou psicoteste, por exemplo). Vão fabricar JC;
7) O Vigilante aceita ser monitorado pela empresa. Imaginem?
Do tal do aditivo anterior tiraram umas estórias de usar o telefone do vigilante para mensagens da empresa. Mas agora, de forma sutil, diz que o Vigilante aceita ser monitorado.
Novamente recomendamos aos colegas: NÃO ASSINEM.
Você também pode denunciar ao MPT. A seu pedido, seu nome será preservado.
O Sindicato vai, novamente, tratar do assunto nas barras do MPT e da Justiça.
No tempo de Cabral, Transegurança, etc., tiravam o nosso direito na porrada. Agora é na moita.
Denuncie.
Respeito!

Related posts

MAP ACATA PEDIDO DO SINDICATO E DISPONIBILIZA CONTRACHEQUE NO PRAZO DA CCT

Jefferson Fernandes

Vigilantes Ex-protector: Bolo na praça nos 5 anos de calote e reunião com prefeitura

Jefferson Fernandes

PAGAMENTO DE PROCESSO – MUNICÍPIO DE SALVADOR: DINHEIRO/CHEQUE PARA 12 VIGILANTES QUE LABORARAM PARA A PREFEITURA DE SALVADOR

Jefferson Fernandes