Notícias

Após 30 dias em silêncio, sindicato cobra dos patrões resposta a pauta dos trabalhadores

O SINDVIGILANTES/BA encaminhou no dia (12/01) um novo ofício ao sindicato patronal cobrando resposta à Pauta da Categoria para a renovação da Sentença Normativa (denominação da Convenção Coletiva para 2020). O Sindicato também propôs uma primeira rodada de negociação para amanhã, quinta-feira, dia 14 de janeiro.

Nesta quarta-feira, 13, recebemos um documento do Sindicato patronal o agendamento da primeira reunião de negociação relativa a CCT 2021, para o dia 18/01/2021, às 14:30 hs, na sede do Sindesp.

Veja a resposta dos PIORES PATRÃO DE SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL.

Neste momento, cabe lembrar a todos os colegas a pauta aprovada nas assembleias realizadas nas sedes dos Sindicatos (Salvador, Camaçari, Itabuna, Feira de Santana) e nas diversas cidades do interior nos primeiros dias de dezembro, protocolada no Sindicato patronal no dia 11/12/2020.

A pauta aprovada nas assembleias é composta de 18 itens.

A seguir os itens da Pauta de Reivindicações da Categoria:

1)            Manutenção de todas as conquistas da categoria;

2)            Piso de 2.000, 00.

3)            Reposição integral da inflação, mais 10% de ganho real.

4)            Vale transporte sem desconto e entregue no posto e dia 1º do mês.

5)            Ticket refeição de 30 reais, correspondente aos 30 dias do mês e sem desconto.

6)            Cesta Básica para todos os vigilantes e no valor de R$200 reais por mês.

7)            Plano de Saúde extensivo aos dependentes e sem desconto.

8)            Das Mulheres Vigilantes:

– Cota de 30% para vigilantes mulheres.

– Condições diferenciadas para gestantes.

– Colete Balístico Feminino.

9)            Piso de R$ 2.000 para Escolta Armada.

10)         Regulamento e Piso para Vigilante de Monitoramento.

11)         R$ 250 de Diária para Vigilante de Evento.

12)         Vale Cultura para todos os Vigilantes.

13)         Hora extra na reciclagem e hospedagem em hotel.

14)         15% de gratificação para Vigilante de banco.

15)         Trabalho na folga com valor de, no mínimo, R$ 200 reais a diária.

16)         Estabilidade para o pré-aposentado de até 02 anos antes da aposentadoria.

17)         Folga mensal para o vigilante da escala administrativa.

18)         Hora de almoço, somente de 11 às 15.

Esta foi a Pauta protocolada no Sindicato patronal (cópia no mural do Sindicato), discutida e aprovada nas assembleias realizadas na capital e no interior. Quem quis contribuir, contribuiu. Colaborar, colaborou. Participar, participou.

Nada mais que isto.

Fique ligado na luta e mande para a PQP os patrões escrotos e seus pelegos.

É luta.

É direção e liderança sindical de luta, sem pelego, sem patrão.

Related posts

SindVigilantes da Bahia participa do Grito dos Excluídos

Jefferson Fernandes

AOS(AS) COLEGAS EX-VIPAC / AEROPORTO EMPRESA NÃO CUMPRE ACORDO. TODOS NA VIPAC NESTA QUARTA-FEIRA

Jefferson Fernandes

QUASE TRES MILHÕES E MEIO DO SINDICATO PARA 1430 VIGILANTES EM JULHO E AGOSTO

Jefferson Fernandes