Sincotelba e SindVigilantes unem forças contra o desmonte

“Luta dos Trabalhadores dos Correios é nossa também!”, avisa SindVigilantes

Os trabalhadores dos Correios suspederam uma greve de 5 dias, após uma sinalização da empresa de negociar a agenda da campanha salarial e a suspensão por alguns dias da retirada de vigilantes de mais de 100 cidades ou postos de trabalho.

A pauta desta luta é a segurança e a vida de todos. Não tem como trabalhar ou fazer funcionar uma agencia ou unidade do Correio sem segurança para funcionários e clientes.

“Preservação do patrimônio público, segurança das transações de saques e postagens de encomendas”, alguns pontos que já são primordiais para a luta da classe, defende o SINDVIGILANTES.

No contexto da mobilização, nova assembléia foi realizada nesta quinta-feira, 31, e a retomada da greve já foi definida. O Sindvigilantes tem participado de todas as ações de mobilização e apoio a greve.

“Não ao desemprego de mais de 100 profissionais. Não ao descaso pela vida de funcionários e clientes”, alerta o Sindvigilantes.