SINDVigilantes Bahia participa da construção da comunicação da CUT no Fórum Social Mundial

Reunião de Comunicação define estratégias do CUT no Fórum e novas estratégias para convocar a classe trabalhadora.

Faltam apenas 47 dias, para o maior encontro de debate mundial sobre políticas públicas e propostas para um mundo melhor, o Fórum Social Mundial, que acontecerá de 13 a 17 de março, no Brasil, na cidade do Salvador. Com uma estimativa de 150 mil participantes, a CUT Nacional através da sua executiva deliberou quatro eixos de debates, que são: Democracia, O Futuro do Trabalho, Produção de Alimentos/ Soberania Alimentar e Migrações.

“Resistir é criar, resistir é transformar”, o FSM2018, vai debater sobre este grave momento de retrocessos sociais, políticos e econômicos, mas o fórum são estratégicos e únicos na luta dos povos contra os avanços conservadores e neoliberais no país e pelo mundo.

De acordo com a Secretária de Comunicação da CUTBA, Lucivaldina Brito, a comunicação é processo fundamental para o FSM 2018. “A CUT se preocupou e montou uma mini equipe para dar os primeiros passos, agora precisamos unir nossas bases – sindicatos e sua equipe de comunicação para atuarmos nos processos técnicos e nas práticas de comunicação, como dialogar com a imprensa, com os veículos e as mídias livres”, comentou Lucivaldina.

Para o diretor de imprensa do Sincotelba, André Luis, o mundo mudou e precisamos fazer a diferença. “O FSM 2018, a Tenda do Mundo do Trabalho da CUT, me deixou muito empolgado na participação pelos eixos temáticos, pois não só nos dará um direcionamento, como é uma pauta que atende aos nossos anseios enquanto movimentos sociais, que militamos dia a dia, e muito das vezes perdemos esse feed”, desabafou o diretor André.

“A comunicação será o marco para o sucesso de muitas das atividades do FSM2018, nosso sindicato estará dialogando e participando, por isso, estamos divulgando a meses a marca do fórum, assim como, agora com todas essas informações podemos qualificarmos desde a postagem correta, a informações exclusivas para dialogar com nossas bases”, alertou o diretor de imprensa do SindVigilantes, Jeferson Fernandes.

A CUT está disponibilizando para todas as entidades as cotas de apoio para Tenda Mundo do Trabalho, onde reunirá os maiores nomes da esquerda do mundo, para dialogar, debater e propor ações concretas e de real impacto na vida dos trabalhadores. As cotas dão direito a uma quantia de inscrições automaticamente, assim, todas as entidades vão direcionar diretores, secretários e dirigentes para um campo específico.

As inscrições para o Fórum Social Mundial já estão abertas através do site oficial fsm2018.org / acompanhe através das nossas redes sociais @CUtnoForum .

ASCOM – SINDVIGILANTES  Jelber Cedraz