Vigilantes realizam assembleia em Feira de Santana (Ba)

Nesta manhã (28), a direção do SindVigilantes da Bahia participaram em Feira de Santana, da assembleia geral para definir estratégicas de luta em defesa dos direitos da classe dos vigilantes.  Sem acordo após a proposta apresentada do sindicato, no final do ano de 2017, após 2 meses, o patronal divulgou uma nota no site e realizou na sede uma conversa com o sindicato.

Com pontos que assolam o trabalhador e destroem todos os direitos dos vigilantes, a única saída será reagir ao desmonte que a Reforma Trabalhista vem causando aos brasileiros, em especial aos vigilantes.

“Estamos lutando pelos direitos de cada um vigilantes, são milhares de famílias que estão perdendo algo importante, o sonho de dias melhores, por isso, nós do sindicato lutamos para não diminuir nada no salário e muito menos os direitos conquistados nos últimos 30 anos. A luta requer unidade, exige participação e não vamos alimentar whatsapp, temos que ir para rua e dizer ‘queremos aumento, não a retirada de direitos’, para isso, amanhã, 1 de março, teremos mais uma negociação com patronal e vamos definir o futuro da luta”, explicou o presidente José Boaventura.