FISCALIZAÇÃO SINDICAL EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS: VIPAC/HOSPITAL ESPANHOL: ESCRAVIDÃO E PORTA DO INFERNO

A Fiscalização do Sindvigilantes/Bahia voltou ontem (14) ao Hospital Espanhol e concluiu: aquilo é o INFERNO DOS VIGILANTES.

Há 15 dias atrás, após Fiscalização e Protesto na porta do Hospital, a empresa fez uma maquiagem bem vagabunda e, momento, seguinte, voltou tudo como estava antes:
• Vigilantes sem Máscaras apropriadas, Máscara acrílica e óculos de proteção;
• Sem Álcool gel;
• Alojamento comparável com um chiqueiro;
• Sem o salário de abril, transporte e alimentação já ano meio do mês de maio (tinha vigilante admitido desde o dia 15 de abril trabalhando desde esta data sem transporte e alimentação, pagando para trabalhar ou trabalhando com fome);
• Sem testagem contra covid 19;
• Levando uniforme de um hospital de covid para lavar em casa;
• Sem treinamento para trabalhar num hospital de covid.
O governo do estado sabe que a vipraga é arapuca, mas o que lhe interessa é a propaganda, sem levar em conta que os trabalhadores estão na condição de escravos e expostos a morte.
Nos próximos dias vai ter mais “barulho” no Espanhol.
É luta. É Fiscalização Sindical.
No tempo de coronavirus o Sindicato cuida do Vigilante.

Compartilhe:
CNPJ: 14.799.068/0001-97 Sindicato dos empregados de empresas de segurança e vigilância do estado da Bahia